Decoração orgânica: os elementos naturais levam vida para dentro de casa

Decoração orgânica: os elementos naturais levam vida para dentro de casa

Decoração orgânica: Mesa e cadeiras da Móveis Armil.

A decoração orgânica tem ganhado espaço no mercado de alto padrão, além de ganhar mercado mesmo com períodos de recessão. Isso acontece porque feiras internacionais do segmento também têm apontado essa tendência.

No passado, a casa era um local de permanência e integração. Hoje, ganham força os espaços cada vez menores e que se tornam mais um local de passagem do que um local de permanência. Desde então, muita coisa mudou no mercado de alta decoração. Ou melhor, decorações orgânicas têm se tornado mais diversificadas, tanto quanto outras tendências que se misturam.

Decoração orgânica ameniza a dureza das cidades

Em primeiro lugar, é importante pensar no crescimento das cidades. A decoração com elementos naturais ganha espaço por diminuir a sensação de desconexão com a natureza. Além disso, essa proposta de decoração orgânica visa resgatar a sensação de aconchego, que também foi perdida com a diminuição dos espaços.

Parece que, no caminho do desenvolvimento, o aconchego foi colocado em segundo plano. Isso porque talvez a falta de tempo das grandes cidades exija ambientes rápidos e funcionais. Talvez pelo tempo cada vez menor passado dentro de casa, exista uma sensação de estar perdido na decoração. Consequentemente, em algum momento, a sensação de viver em uma grande selva de pedra passou a incomodar as pessoas. Assim, a decoração orgânica também tem sido buscada para reconectar o ser humano à sua naturalidade.

Decoração orgânica: Vimes Nadal

Decoração orgânica: Vimes Nadal

Essa realidade ocorre sobretudo nas grandes cidades. Mesmo assim, as casas de campo e de praia também começaram a abraçar a decoração orgânica. Isso se deve justamente por sua capacidade de integração entre o que é cômodo e aquilo que nos conecta com a natureza. Enquanto as grandes cidades permitem encontrar tudo que é necessário para se viver bem, os elementos orgânicos amenizam o peso do industrial e artificial. Finalmente, aqui, há o equilíbrio entre funcional e natural.

Brasilidade na decoração orgânica

O Brasil tem diversas características que contribuem para a decoração orgânica. Por ser um país tropical, a natureza é inerente à nossa cultura e inclusive forma diversos de nossos cartões postais. Devido a essa abundância de natureza, os motivos florais, de vegetação e de frutas costumam ser vistos nas mais variadas peças de decoração. Consequentemente, o elemento natural compõe a decoração orgânica como protagonista.

Designers e profissionais da área de alta decoração traduzem esse conceito como “brasilidade”. Esse nome não é gratuito: fora do país, muitos produtos são identificados facilmente quando se apresenta uma natureza rica e cores vibrantes.

Argumentos para usar decoração orgânica

São muitos os argumentos para lançar mão da decoração orgânica. Além de usar o conceito de brasilidade, bastante difundido atualmente, como dissemos anteriormente, também é possível usar a madeira natural. As peças com madeira e veios aparentes leva para dentro de casa um aspecto não somente natural, mas de integração.

Decoração orgânica: Móveis Herval

Decoração orgânica: Móveis Herval

Mesmo assim, é possível misturar os estilos e criar um ambiente híbrido entre o industrial e o orgânico, por exemplo. Como resultado, consegue-se um ambiente personalizado e com a cara dos moradores. Isso porque é importante levar em consideração o que cada pessoa sente que é importante na decoração. Levar o gosto pessoal em consideração também é muito importante.

Ainda assim, muitas pessoas perguntam por que o elemento natural faz tanto sucesso e quais são as possibilidades de aplicação. No tópico a seguir, trazemos alguns exemplos de como aplicar essa tendência nos mais variados ambientes.

O que usar?

Outra possibilidade é o uso de texturas aveludadas em cores que tragam o elemento natural como destaque tanto quanto a madeira exposta. A decoração orgânica exige equilíbrio entre peças artificiais e naturais. É importante que tudo converse, portanto, é preciso planejar.

Cantos arredondados também têm sido destaque no segmento devido a suas características de sinuosidade e continuidade. Isso porque a função desse acabamento é contribuir no aspecto de leveza conferido ao ambiente por meio da decoração orgânica. Junto com a neutralidade das cores, os acabamentos leves conferem o tom que o ambiente precisa. Consequentemente, promovem o acolhimento e conforto.

Decoração orgânica: Madelustre

Decoração orgânica: Madelustre

As almofadas florais e com frutas também são uma graça e ajudam a compor esses ambientes. A decoração orgânica não precisa estar, necessariamente, ligada a elementos vindos diretos da natureza. Pode estar representada em peças como as próprias almofadas, quadros, abajures, entre outras peças que possam apresentar características que forneçam esse acolhimento tão necessário nos dias de hoje.

Confira no vídeo abaixo o que os expositores do Salão de Gramado trouxeram para essa edição no segmento da decoração orgânica.

Empresas que aparecem nesse artigo:

www.moveiskiarte.com.br

www.moveiswingert.com.br

www.cortbras.com.br

www.moveisherval.com.br

www.vimesnadal.com.br

www.moveisarmil.com.br

www.madelustre.com.br

Divulgue: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Related Posts

Deixe um comentário