Salão de GramadoMóvel - Design - Decoração

É tempo de bons negócios.

Quinta edição do Salão de Gramado, que acontece de 20 a 23 de junho, reunirá fabricantes e lojistas de móveis de alto padrão de todo o país.

Em tempos de recessão econômica, o que grande parte das empresas faz é gerar cortes. Cortes que têm por objetivo reter as economias da empresa, enxugar sua estrutura e, nos termos de alguns empresários, “sobreviver à crise”. O grande problema de apenas “sobreviver” é que em momentos assim, empresas que direcionam corretamente seus investimentos e usam a criatividade para transformar a crise em oportunidade saem na frente. Veja: elas não deixam de cortar custos ou rever estrutura operacional. Entretanto, o que as empresas de sucesso fazem é direcionar corretamente seus investimentos em momentos em que o mercado financeiro oscila ou se enche de incertezas.

Esse direcionamento estratégico é fundamental por um motivo simples: quando a crise acaba, quem foi mais inteligente e criativo durante seu período é quem sairá na frente. Não por milagre, não por sorte. Por visão.

A busca por esse equilíbrio saudável (a estabilidade econômica sem deixar de apostar) passa por diversas ações: a busca por parceiros que possam agregar ao seu negócio, novos produtos gerados a partir das ferramentas que já estão disponíveis, novas formas de abordar o consumidor, negociações ganha-ganha com fornecedores, além de uma infinidade de outras realidades possíveis. Basta procurar. Já aprendemos que novas oportunidades de negócio vêm com um novo ponto de vista.

Em períodos de incerteza, uma feira de negócios é o ambiente perfeito para resolver diversos assuntos de uma só vez. É possível comprar, vender, expor a marca, apresentar produtos, conhecer uma infinidade de fornecedores, parceiros e clientes, aumentar a rede de contatos e observar o comportamento da concorrência, tudo em um único local. Todas essas ações isoladas demandam serviços dispendiosos de logística, pesquisa detalhada, meses de prospecção e muito esforço pessoal e coletivo. Ora, se os tempos são de busca de alternativas, não parece ideal que elas se permitam encontrar em um tempo e espaço determinados?

A economia brasileira começa a dar sensíveis, porém, consistentes, sinais de melhora, e as empresas que sairão na frente são aquelas que não pararam de investir com inteligência de mercado, porque estão sempre em busca de bons negócios, independente da condição político-econômica. Sabem se portar em tempos de fartura e de recessão com a mesma sabedoria de mercado. Essas empresas não são compostas por profissionais mais ou menos qualificados, ou têm maiores ou menores orçamentos e capacidade produtiva do que suas concorrentes. Essas empresas são formadas por profissionais que, incansavelmente, procuram. E à quem está sempre atento, o mercado oferece as melhores oportunidades.

Seja você um grande fabricante ou um pequeno lojista, as leis da boa gestão são as mesmas: perseverança, criatividade e inteligência de mercado. Sua missão diária é fazer o seu negócio crescer com qualidade.

Talvez seja hora de apostar no salão de negócios mais promissor do Brasil.

É tempo de encontrar os bons negócios.

©2012 - 2017 Salão de Gramado | Todos os direitos reservados.